INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil de Igrejinha prende mais um integrante de quadrilha de assaltantes

Segunda etapa da operação resultou, também, em apreensão de materiais utilizados nos crimes.

A Polícia Civil deu sequência, nesta terça e quarta-feira, dias 11 e 12 de setembro, à operação que prendeu quadrilha acusada de assaltos na Região Metropolitana e no Vale do Paranhana. Foi preso, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, um homem de 22 anos, identificado com as iniciais W.V.F, morador de Igrejinha e suspeito de integrar a quadrilha que foi presa na madrugada do sábado (8) enquanto se preparavam para realizar um assalto a uma loja de Igrejinha na manhã daquele dia, durante o feriadão de 7 de setembro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Além da prisão deste suspeito, os policiais efetuaram, em Cachoeirinha, buscas na casa de um dos investigados anteriormente preso, ocasião em que localizaram um aparelho celular, com a companheira do suspeito, que havia sido roubado em Igrejinha em julho, durante assalto a uma fábrica na cidade. Também foram encontrados dois rádios transmissores do tipo HT, uma pistola calibre .40, munições calibre .40 e 9mm com carregadores, uma capa de colete a prova de balas, uma touca ninja, cinco camisetas brancas com escritos e logotipo da Polícia Civil gaúcha, além de mercadorias suspeitas de serem oriundas de outros roubos.

Conforme o delegado Ivanir Luiz Moschen Caliari, responsável pelas investigações, até o momento, a operação resultou na prisão de cinco homens, sendo que o inquérito policial resultará no indiciamento de pelo menos 12 pessoas, entre os integrantes da quadrilha e receptadores de materiais roubados. Eles responderão pelos crimes de associação criminosa armada, porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada, clonagem de veículo, três roubos a estabelecimentos comerciais, posse de entorpecentes e receptação dolosa.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Após a formalização da prisão, o investigado foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Taquara onde aguardará a definição do presídio para o qual será conduzido.

Materiais apreendidos em operação policial. Divulgação