Polícia Civil de Taquara prende suspeito de ser mandante da morte de Paula Gislaine em Parobé

O homem foi preso pelos agentes em sua residência, no município de Parobé
Paula Gislaine, 32, foi encontrada morta no Rio dos Sinos, em Parobé.
Foto: Arquivo da família

Agentes da Delegacia de Polícia de Taquara, cumpriram um mandado de prisão temporária e prenderam o suspeito de ser o mandante do assassinato de Paula Gislaine Martins Pacheco, de 32 anos, cujo o corpo foi encontrado junto ao Rio dos Sinos, na tarde do dia 27 de agosto, em Parobé. A prisão ocorreu por volta das 11h30min desta terça-feira (10), na rua Presidente Vargas, no bairro Guarujá, em Parobé.  


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




De acordo com o boletim de ocorrência, os investigadores estavam em diligência na cidade vizinha para cumprir o mandado de prisão. Ao chegarem no local, os policiais encontraram o portão aberto e entraram na residência, onde encontraram o homem, de 49 anos, que franqueou a entrada dos agentes. O indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Taquara.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Relembre o caso

Paula Gislaine Martins Pacheco, 32, teve sua residência invadida e foi raptada por três indivíduos armados e encapuzados, na noite da terça-feira, dia 20 de agosto, por volta das 21h30min, na rua Medianeira, em Taquara. A mulher estava assistindo televisão com sua companheira, de 31 anos, e a filha dela, de 10, quando foram surpreendidas pelos suspeitos. Um dos indivíduos pegou Paula pelo braço e a levou para dentro de um veículo prata. Logo depois eles fugiram levando a vítima.

Exatamente uma semana depois do rapto, na tarde do dia 27, um corpo foi localizado por pescadores boiando no Rio dos Sinos, em Parobé. O local já havia sido alvo de buscas feitas pela polícia no final de semana. Marcas de sangue e dois projéteis foram localizados nas proximidades. O irmão de Paula reconheceu como sendo dela o corpo encontrado no local. O reconhecimento do corpo também foi confirmado pela delegada Rosane de Oliveira, titular da Polícia Civil de Taquara.

Local onde o corpo da vítima foi encontrado na tarde do último dia 27.

Fotos: Especial / Alan Martins