Temperatura agora:   17.2 °C   [+]

Polícia diz que quase 80 tiros foram disparados contra casal morto em Araricá

A Polícia Civil divulgou, nesta sexta-feira (5), informações sobre a execução de Adair Silva, 31 anos, e Karuel Barbosa, 25, alvejados com quase 80 tiros na noite desta quinta-feira (4) no Centro de Araricá, no Vale do Sinos. Adair era natural de Igrejinha e Karuel de Campo Bom. Segundo as informações do delegado Fernando Branco, que investiga o fato, existe uma possível ligação com o tráfico de drogas. A polícia acredita que ambos foram alvo de uma execução. O policial informou que Adair já havia sido preso por porte ilegal de arma de uso restrito.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, a polícia revelou alguns detalhes dos fatos já apurados no inquérito policial. Pelo menos quatro pessoas participaram do crime, que ocorreu no condomínio de casas geminadas onde Silva morava. Já Karuel, que não tinha antecedentes criminais, vivia em Campo Bom. Os criminosos teriam chegado ao local por volta das 22h30min, em um carro preto, pulado a cerca do condomínio e arrombado a porta da casa.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Segundo as informações, o casal estava sentado no sofá da sala jogando videogame quando foi abordado e alvejado com os tiros de quatro armas diferentes. Os criminosos deixaram o local em minutos. A Polícia Civil pretende ouvir pessoas próximas aos dois para dar sequência à investigação do crime. Também serão analisadas imagens de câmeras de segurança das imediações.