Temperatura agora:   20.8 °C   [+]

Policiais civis da região aderem à greve contra o parcelamento

O Sindicato dos Escrivães, Inspetores e Investigadores da Polícia Civil (Ugeirm), em assembleia geral realizada na tarde desta quinta-feira (05), decidiu entrar em greve contra o parcelamento dos salários dos servidores estaduais. No Vale do Paranhana, a entidade informou que a maioria dos policiais aderiu à greve dos servidores. A paralisação de parte das atividades deve ocorrer entre segunda-feira (9) e o próximo dia 17, quando o governo do Estado prevê integralizar o salário dos servidores. A greve foi decretada por volta das 16 horas, em frente ao Palácio da Polícia, em Porto Alegre. Segundo o presidente da Ugeirm Sindicato, Isac Ortiz, 30% dos serviços das delegacias serão mantidos. A polícia atenderá casos de maior poder ofensivo, como homicídios, latrocínios, crime contra o idoso, a mulher e crianças.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE