Posto de Saúde de Rolante investe na saúde bucal das crianças

Turma composta por 15 alunos participou de atividade nesta segunda-feira (12).

A ida ao dentista, para muitas pessoas, traz um pouco de insegurança e medo, o que faz com que procurem atendimento deste profissional quando sentem dor ou quando algo mais grave acontece. Para mudar este comportamento e trabalhar de forma preventiva a questão da saúde bucal, a equipe do Posto de Saúde do Alto Rolantinho (localidade do interior do município de Rolante), resolveu começar a semana levando as crianças do 1º ano da Escola Santa Terezinha para conhecer o consultório dentário daquela comunidade e como funciona o atendimento do dentista.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A turma composta por 15 alunos foi dividida em grupos de cinco e, assim, na manhã desta segunda-feira, 12, os alunos chegaram ao Posto que funciona em frente à escola para conhecer o dentista e ver que ele está lá para ajudá-los a cuidar bem dos dentinhos e não, simplesmente, para arrancar dentes, como muitos pensavam.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A ideia partiu do coordenador da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Alto Rolantinho, enfermeiro Douglas Oliveira e foi bem aceita pelo dentista Francisco Silva e pela auxiliar de saúde bucal Edinara Schuk, que receberam os alunos com muito carinho e atenção. “As crianças chegaram ao consultório e assistiram um desenho sobre escovação e higiene. Deitaram na cadeira, mostramos os equipamentos e como eles funcionam, conversamos com elas e explicamos que não precisam ter medo, que tudo é feito com calma e paciência. A ideia é que, se aprenderem a cuidar bem dos dentes, vão ir ao consultório para consultas de rotina e de prevenção, como é o caso da aplicação de flúor”, comenta Silva.

A iniciativa será estendida às crianças da Educação Infantil atendidas no Alto Rolantinho, através de um projeto que está sendo desenvolvido pela equipe odontológica para salvar o primeiro molar, que, conforme explica o dentista, é o primeiro dentinho permanente que erupciona entre cinco e seis anos de idade. “O objetivo da Estratégia de Saúda da Família é trabalhar a prevenção da saúde e este é um bom exemplo que queremos desenvolver em todos os postos de saúde de Rolante. As boas idéias devem ser compartilhadas”, comenta a coordenadora da ESF de Rolante, enfermeira Glécia Linden.