Temperatura agora:   12.6 °C   [+]

Prefeitos da região formalizam recurso junto ao Estado para tentar evitar bandeira vermelha

Os prefeitos da região, mais uma vez, decidiram ingressar com recurso contra a classificação preliminar do Vale do Paranhana em bandeira vermelha. O anúncio foi feito por alguns prefeitos em suas redes sociais. Presidente da Associação de Municípios do Vale do Paranhana (Ampara) e prefeito de Igrejinha, Joel Wilhelm divulgou um vídeo, em que manifesta a não concordância da região com a bandeira vermelha e explicou que o documento com o recurso foi protocolado na tarde deste sábado (11) com a tentativa de manter a bandeira laranja.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Segundo Joel, a bandeira vermelha impõe mais restrições, e os prefeitos lutarão para manter a classificação de menor impacto. Mesmo assim, o prefeito de Igrejinha reforçou a necessidade de que toda a população da região colabore com as medidas de prevenção ao novo coronavírus. Destacou que todos precisam continuar utilizando o álcool em gel e a máscara, bem como evitando as aglomerações.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


“Todos juntos vamos superar esse momento, mas cada um precisa fazer a sua parte, para que o todo não seja prejudicado”, disse Joel. Em sua conta no Facebook, o prefeito de Taquara, Tito Lívio Jaeger Filho, também confirmou a apresentação do recurso e prometeu que, tão logo tenha uma definição, dará conhecimento à comunidade. Em manifestação anterior, na sexta-feira (10), Tito disse que o aumento de casos positivos, internações hospitalares e principalmente óbitos na última semana, na área dos municípios que integram a região, já sinalizava a mudança de bandeira. “Nossa preocupação e atuação segue nos mesmos princípios, ou seja, cuidar da saúde da nossa gente e não ter que paralisar totalmente nossa cidade”, disse Tito.

Ainda na sexta-feira, a Prefeitura de Rolante divulgou uma nota sobre a mudança das bandeiras. No texto, ressalta que, mesmo que a região passe para a bandeira vermelha, o município conseguirá manter-se na classificação laranja. Isso porque Rolante será beneficiado pela chamada “Regra 0-0” do governo do Estado, em que, diante da inexistência de internações e óbitos decorrentes da Covid-19, poderá seguir os protocolos da bandeira laranja. No Vale do Paranhana, além de Rolante, também será beneficiado com essa regra o município de Riozinho. E, da região de Taquara no sistema de distanciamento controlado, ainda poderá usufruir da “Regra 0-0” o município de São Francisco de Paula.

Também em nota publicada na sexta-feira, no Facebook, o prefeito de Riozinho, Valério Esquinatti, destacou a preocupação com aglomerações. “Precisamos do apoio da comunidade, com uso de máscara e higienização das mãos constantemente durante o dia. Da mesma forma, evitar aglomerações é fundamental para que possamos controlar o número de casos”, enfatizou.