Prefeitura de Três Coroas divulga obras que seriam realizadas com projeto reprovado na Câmara

Geral

Administração municipal afirma que estuda encaminhar novo projeto de financiamento para análise do Legislativo.

A Prefeitura de Três Coroas insistiu, nesta sexta-feira (13), na polêmica sobre um projeto de financiamento rejeitado pela Câmara de Vereadores na última segunda-feira (9). A administração afirma que, devido aos pedidos de informação sobre as obras contempladas, decidiu divulgar o nome das ruas que seriam beneficiadas com as melhorias. Além de obras de pavimentação asfáltica, o Executivo afirma que, se aprovado, o projeto possibilitaria completar os recursos existentes para a construção de uma ponte no bairro Quilombo.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O asfaltamento contemplaria as seguintes vias: Bairro Linha Café, a Rua Brasil (da ERS-115 até armazém do Maurício); Pólo Industrial as ruas Frederico Ritter, João Frederico Roenau e Ruberto Brocker; Bairro Encosta da Serra as ruas Manoel Lopes dos Santos, Elmer Krieser, Frida Reiheimer, Governador Leonel de Moura Brizola, Holdin Huff, Gustavo Adolfo Koetz, Alibio Koch e Joinha Naumann; Bairro Quilombo as ruas Professor João Roenau, Maranhão, Manaus; na Vila Dreher as ruas Guilherme Hoppen e Júlio Dreher; No Bairro Vila Nova as ruas Viamão e Farroupilha; Centro as ruas Fernando Ferrari, Henrique Juergensen, América e Tristão Monteiro e a Avenida João Correa; Bairro Águas Brancas as ruas Ernesto Morh e Pastor Roos (esta última será pavimentada com bloquetos de concreto); Bairro Sander a Rua Visconde de Mauá; Bairro Moreira a Rua Bororó e Bairro Linha 28, um trecho da Rua Augusto Becker..


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


“A prefeitura está estudando a possibilidade de encaminhar novamente a proposta à Câmara de Vereadores e se coloca à disposição dos legisladores para explicar o projeto e esclarecer as dúvidas existentes. Se o valor final da licitação for menos que o previsto, ainda seria possível pavimentar mais algumas ruas que não estavam contempladas na listagem inicial”, completa o texto do Executivo.

Nesta semana, os vereadores de Três Coroas rejeitaram o projeto de financiamento de R$ 8 milhões para obras no município. Os parlamentares alegaram que o projeto apresentava inconsistências e, além disso, classificaram a proposta de eleitoreira. Já a prefeitura reclamou publicamente do que considerou intransigência da Câmara que resultava em prejuízos para o município.