Presos motorista e namorada que estavam em carro que atropelou policial

Polícia

Acusados foram encontrados escondidos embaixo de ponte em Taquara.

Automóvel Corsa foi apreendido pela Brigada Militar. Divulgação

A Brigada Militar, com apoio da Polícia Civil, prendeu, por volta das 16 horas deste sábado (22), o motorista e sua namorada suspeitos de estarem no carro que atropelou um policial militar na noite desta sexta-feira (21) em Taquara. Os acusados foram encontrados escondidos embaixo de uma ponte, na rua Pedro Emílio Martins, no bairro Tucanos, já na área rural de Taquara. Segundo o tenente-coronel João Ailton Iaruchewski, comandante do 32º Batalhão de Polícia Militar, os dois foram encaminhados à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Taquara onde serão autuados em flagrante e prestarão depoimento sobre o caso.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




O motorista foi identificado como Marlon Schneider, 28 anos. Os dois presos, conforme as informações, confessaram a participação no caso. Ele possui antecedentes policiais por ameaça, apreensão de objeto, lesão corporal culposa e posse de entorpecentes e ela não possui antecedentes policiais.

Segundo as informações dos próprios ocupantes do carro, havia uma terceira pessoa no veículo. A Brigada Militar continua fazendo buscas a este suspeito, que, conforme os dois presos, fugiu. O automóvel Corsa prata, placas IMB-4697, foi apreendido pela Brigada na manhã deste sábado, em Igrejinha, na casa de uma vizinha da mãe do suspeito. O veículo foi recolhido. “Desde a ocorrência, a Brigada Militar está fazendo buscas e diversas ações em toda a região para localizar os suspeitos”, informou o coronel Ailton.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Sobre o estado de saúde do segundo sargento JOão Batista dos Santos Rogério, 51 anos, o coronel Ailton informou que ele continua internado no Pronto-Socorro de Canoas e, por decisão dos médicos, permanecerá em coma induzido por pelo menos mais 48 horas. Depois, os medicamentos passarão a ser reduzidos para verificar como o sargento se comportará. O tratamento é para um edema cerebral e uma lesão pulmonar, além de lesões na clavícula e na mandíbula.

O caso

O sargento Rogério foi atingido por um veículo durante uma barreira policial realizada em Taquara na noite desta sexta-feira, por volta de 20h50min. Conforme a Brigada Militar, se trata de uma barreira de rotina, que, inclusive, já estava no seu encerramento. O policial se dirige para o meio da rua Tristão Monteiro, próximo ao entroncamento com a ERS-115, para abordar o veículo, que, além de não parar, ainda investe contra o sargento, que correu para a lateral. O veículo fugiu em seguida.

Veja os vídeos do momento do acidente: