Problema se repete: rua Guilherme Lahm é bloqueada por excesso de presos nas celas da delegacia em Taquara

Conforme a BM houve um equívoco e o tráfego foi liberado em seguida
O trânsito de veículos foi liberado ainda nesta manhã.
Foto: Alan Júnior / Jornal Panorama

Novamente, a rua Guilherme Lahm, que fica em frente à Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento (DPPA) de Taquara, esteve bloqueada para o trânsito de veículos, na manhã desta sexta-feira (29), mas foi liberada logo depois. O motivo, segundo a delegada Rosane de Oliveira, seria o excesso de presos nas celas da carceragem da DPPA. A delegada informou que, no local, estão sendo custodiados oito presos, o que extrapola a quantidade máxima de detentos, que seria de seis, dois por cela.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Além disso, outro preso está sendo mantido algemado às grades, em frente à delegacia, totalizando nove detidos no local. Ainda conforme a delegada Rosane, a decisão de bloquear o trânsito na Guilherme Lahm, teria sido tomada pela Brigada Militar, que está com uma viatura e dois policiais militares fazendo a custódia do preso algemado às grades.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Durante conversa com o comando da Brigada Militar, a reportagem do Jornal Panorama foi informada de que teria acontecido um equívoco ao bloquear a rua. Conforme a BM, a ordem era para que se bloqueasse apenas a passagem de pedestres na calçada, que fica em frente à DPPA, e não a rua Guilherme Lahm. Ainda segundo o comando da BM, o trânsito foi liberado logo após o contato do Panorama, ainda na manhã desta sexta-feira, e está normalizado no local.