Produtores de Três Coroas participam de seminário sobre moranguicultura

A atividade ocorreu na última quinta-feira (24), em Gramado.
Divulgação

Uma iniciativa da Prefeitura de Três Coroas em parceria com a Empresa da Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/RS) possibilitou que um grupo de produtores de moranguinho do município participasse do I Seminário Regional de Moranguicultura da Serra Gaúcha. A atividade ocorreu na última quinta-feira (24), em Gramado.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




O evento contou com diversas palestras que proporcionaram reflexões sobre o mercado do morango e o manejo fitossanitário. Ele também propôs alternativas de controle de insetos através de inimigos naturais. Um dos enfoques do seminário foi a produção de frutos mais saudáveis, com menos aplicação de produtos químicos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Conforme o extensionista do escritório de Três Coroas da Emater, João Alberto, os produtores do município acharam a experiência maravilhosa, pois possibilitou a visualização da prática de diferentes manejos de pragas e doenças, assim como a condução de insetos polinizadores. “O seminário foi focado em novas tecnologias, para uma produção mais saudável e em maior quantidade”, disse.

“As técnicas alternativas, como a criação de abelhas sem ferrão, são fundamentais na polinização das plantas do morando. Além disso, elas acabam gerando um subproduto, o mel”, explicou. Segundo ele, são produzidas no município em média três toneladas de moranguinhos por mês. De acordo com o extensionista, a produção tem possibilidade de aumentar, pois hoje os produtores não dão conta de atender a demanda do mercado.