Projeto Transformação Digital na Educação está com as inscrições abertas em Taquara

Aulas iniciam na próxima semana. Confira o link, para se inscrever, na matéria abaixo.
Foto: Divulgação.

Em execução em Taquara desde abril deste ano, o projeto “Transformação Digital na Educação” tem como principal objetivo incentivar o uso da tecnologia como ferramenta colaborativa nas escolas da rede municipal de ensino, através da plataforma G Suite for Education, do Google. Após a implantação dos recursos para mais de 600 profissionais, a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (SMECE) abriu as inscrições para a nova turma, que terá início na próxima semana.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O Fórum Econômico Mundial criou uma lista com as 10 habilidades mais exigidas no futuro mercado de trabalho e vem atualizando e comparando as projeções para 2020 com as habilidades anteriores, ficando claro que a produtividade, a colaboração e a inovação são essenciais para que os futuros profissionais possam resolver os desafios da sociedade do conhecimento. Diante deste cenário, a SMECE firmou uma parceria com o Google for Education e está oferecendo aos profissionais de educação da rede municipal formações para as certificações em tecnologias educacionais, básica (20h), avançada (40h) e para instrutores (100h).

De acordo com o secretário de Educação, Cultura e Esportes de Taquara, Antônio Edmar Teixeira de Holanda, essas capacitações visam a preparação dos professores para que saibam utilizar as tecnologias educacionais para promover uma maior interação dos alunos na inclusão digital, priorizando ideias de alto impacto que possam transformar a realidade social. “Uma das principais preocupações dos gestores públicos na área da educação, perante tais exigências, é saber como que as escolas estão preparando os alunos para alcançarem essas habilidades e assim conquistarem a autonomia econômica. E os nossos professores da rede municipal já estão sendo capacitados para preparar seus alunos para exercer todas as habilidades exigidas pelo novo mercado de trabalho”, comemorou o secretário.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O professor e coordenador do projeto de tecnologias educacionais, Vinicius Vollrath, explica ainda que o investimento em qualificação resulta no desenvolvimento de multiplicadores, que darão continuidade ao projeto em suas respectivas escolas. “É muito importante possibilitar o acesso e mostrar que é na prática que vamos aprender. A troca de experiências é fundamental para eliminar a insegurança que muitos professores sentem no uso de novas tecnologias”, orienta Vinicius.

Como participar:

Interessados em participar das novas turmas devem realizar suas inscrições para as certificações, pelo site. As aulas terão início na próxima semana, nos laboratórios de informática das escolas selecionadas e no Núcleo Tecnológico Municipal (NTM) da SMECE.