Santos é o campeão municipal de futebol de campo de Taquara

Esportes

Equipe bateu o Bitruka por 2 a 1 em partida disputada na noite desta quarta-feira (28).

Atletas do Santos e simpatizantes da equipe comemoram o troféu de campeão do Municipal de Futebol de Taquara. Vinicius Linden/Jornal Panorama

Após o adiamento no último sábado (24), a noite desta quarta-feira (28) foi de futebol no estádio do Sport Clube Taquarense, com as finais do Campeonato Municipal de Taquara (Varzeano) – José Luiz Kelsch (Zequinha). Na disputa pelo título, o Santos bateu o Bitruka por 2 a 1 e conquistou o troféu principal, mantendo a invencibilidade na competição. Já no confronto pelo terceiro e quarto lugar, houve empate no tempo normal, em 5 a 5, entre o Santos B/Barbearia do Bolinha e o Palmeiras. Nos pênaltis, o Santos B levou a melhor, vencendo por 4 a 2.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O confronto principal teve como destaque a arbitragem, realizada por Leandro Vuaden, árbitro gaúcho que integra o quadro da Fifa. Em entrevista ao Panorama antes do jogo, o juiz disse ser importante a valorização do futebol no interior do estado, com a conquista de apoiadores e patrocinadores, para fomentar o esporte (veja vídeo com a entrevista completa). Sobre a contratação de Vuaden, o prefeito Tito Lívio Jaeger Filho explicou que a administração municipal não gastou a mais do que estava previsto para a arbitragem na final, tendo conquistado o apoio de duas empresas parceiras para viabilizar o pagamento do juiz.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O jogo principal teve um momento de confusão no segundo tempo, mas acabou controlado, apesar de algumas trocas de socos entre alguns atletas. As duas partidas foram bastante aguerridas. A partida decisiva teve seu placar aberto pelo Bitruka, aos 21 do primeiro tempo, em gol marcado por Merenda numa cobrança de falta. O Santos empatou aos 39 da primeira etapa, com Lucas Fernandes, em cobrança de escanteio. A virada santista veio aos 23 do segundo tempo, em nova cobrança de escanteio. Luizinho raspou de cabeça e anotou a vantagem do Santos, que administrou até o final da partida. Houve expulsão do goleiro reserva do Santos por agressão a um atleta do Bitruka.

Outro destaque da final do Municipal de Futebol foi a forte presença da torcida, o que viabilizou a arrecadação de cerca de 800 quilos de alimentos, destinados ao Instituto Vitória, que foi parceiro da prefeitura viabilizando a segurança do estádio e cedendo equipe para repor as bolas em campo.

Após o jogo foi realizada a premiação, com a entrega dos troféus aos quatro primeiros colocados. Os atletas Rodrigo Feijão, do Santos, e Braian, do Santos B, também foram premiados. O primeiro foi o goleiro menos vazado, com apenas dois gols sofridos, e o segundo o goleador, com nove anotações. O destaque da final foi Luisinho, do Santos. A equipe campeã ainda recebeu o troféu disciplina.

Palmeiras recebe o troféu de quarto lugar. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Luisinho, dos Santos, destaque da final. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Santos B / Barbearia do Bolina ficou em teceiro lugar. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Troféu disciplina entregue à equipe do Santos. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Rodrigo Feijão leva o troféu de goleiro menos vazado. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Brian, do Santos B, o goleador da competição. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Representante do Bitruka levanta o troféu da segunda colocação. Vinicius Linden/Jornal Panorama
Representante do Santos comemora o título do Varzeano. Vinicius Linden/Jornal Panorama