Secretaria de Saúde de Taquara cria Gabinete de Crise contra o Coronavírus

Geral

Disque Vigilância foi a primeira ação para auxiliar o atendimento à comunidade.

A fim de avaliar respostas e planejar ações em função da constante mudança do cenário em relação ao novo coronavírus (COVID-19), a Secretaria Municipal de Saúde criou o Gabinete de Crise, que consiste num grupo que visa a redução de prejuízos, articulação e monitorização de ações referentes ao COVID-19. Os encontros serão a cada dois dias, sendo o primeiro ocorrido na quarta-feira (18), e o próximo nesta sexta-feira (20), às 11h30min, na própria secretaria.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Uma das primeiras ações foi a disponibilização de um novo número de telefone, chamado de Disque Vigilância, que estará atendendo de segunda à segunda-feira, das 7h às 19h. Qualquer pessoa pode pedir informações e esclarecimentos pelo número 51 9 9681 9737. Além do contato já existente da própria Vigilância Sanitária que é o 51 3541 9304, que estará à disposição de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

O grupo também iniciou a confecção de cartazes e banners com esclarecimentos sobre os sintomas e o que fazer no caso de suspeitas. Eles explicam que nem todos os sintomas gripais são considerados suspeita de Coronavírus. Há duas situações que devem ser observadas: 1ª) Se há febre, sintoma respiratório e houve retorno de viagem internacional há menos de 15 dias; 2ª) Se há febre, sintoma respiratório e houve contato próximo com caso suspeito ou confirmado no período de 15 dias.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Para estas duas situações as orientações são: permanecer em casa e fazer contato com a Vigilância Sanitária para que seja feita a coleta domiciliar para o exame, evitar ao máximo o contato com outras pessoas e dirigir-se à Unidade Básica de Saúde apenas se os sintomas não melhorarem.

Seguindo as orientações da Vigilância Sanitária de Taquara, considera-se febre a partir de 37,8°, os sintomas respiratórios são tosse, dificuldade para respirar, escarro, congestão nasal, dor de garganta e coriza, e, o que se quer dizer com contato próximo é conviver no mesmo ambiente ou ficar dois metros de outra pessoa que tenha os sintomas alertados acima.

Gabinete de crise define atendimentos a pacientes do SUS em Taquara

Segundo informações passadas pelo secretário de Saúde, Vanderlei Vili Petry, os atendimentos feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) à comunidade começam a sofrer mudanças com o intuito de prevenção ao novo coronavírus (COVID-19). Ele explica que as alterações são necessárias e que visam proteger os usuários.

Conforme destaca Petry, durante a reunião do Gabinete de Crise, algumas modificações foram elencadas. Em relação a cancelamentos de consultas eletivas, exames e cirurgias nos hospitais de Porto Alegre e Canoas, bem como o agendamento de transporte para atendimentos em Porto Alegre, que serão feitos, exclusivamente, por telefone. Os números disponíveis para quem precisar são: 51 3541 9315 e 3541 9323.

Para atendimentos odontológicos, seguindo as orientações da Secretaria Estadual de Saúde, os dentistas, que estarão cumprindo expediente nas Unidades Básicas de Saúde, só atenderão casos de urgências e emergências.

As consultas eletivas na Saúde da Mulher serão canceladas e as agendas de pré-câncer estão suspensas, sendo atendidas pelo setor somente as gestantes e os casos urgentes.

As consultas com médicos especialistas que não forem urgentes como cardiologia, pneumologia, neurologia e infectologia, que compreendem 80% da sua demanda de pessoas idosas, serão atendidas até o final de março. A agenda de abril será adiada para o mês de maio, até segunda ordem.

A Secretaria de Saúde destinará uma ambulância à Unidade Básica de Saúde Piazito para as demandas da unidade como cobertura vacinal e atendimento pediátrico.

Estão suspensos, a partir de abril, as coletas de exames de carga viral e os eletrocardiogramas não considerados de urgência; os de urgência serão feitos na Unidade Básica de Saúde Darcy Ribeiro – Posto 24 horas.

O secretário de Saúde reitera que todo atendimento da Vigilância Sanitária será feito por agendamento telefônico, através do Disque Vigilância, que estará atendendo de segunda à segunda-feira, das 7h às 19h, no número 51 9 9681 9737, bem como pelo 51 3541 9304, que estará à disposição de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

Unidades básicas de saúde voltam a atender o dia todo

UBSs da zona urbana atendem das 8h às 12h e das 13h às 17h, e, as UBSs do interior das 8h às 16h. A UBS Piazito atende das 8h às 17h

A mudança do horário de atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), em Taquara, foi uma das medidas tomadas pela Administração Municipal para fornecer maior atendimento à população taquarense.

O atendimento das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) retoma seus horários normais de funcionamento, sendo das 8h às 12h e das 13h às 17h, com exceção das UBSs distritais (zona rural), que funcionarão das 8h às 16h, de forma ininterrupta. A UBS Piazito atende das 8h às 17h, sem fechar ao meio dia.

Esta ação segue a Lei Federal n.º 13.979/2020, o Decreto Estadual n. 55.115/2020, as orientações e Declaração de Emergência de Saúde Pública oriundas da OMS, bem como as autoridades do país, na área de saúde, que confirmam a existência de uma pandemia em razão do novo coronavírus (COVID-19).

A medida está acordada no Decreto Municipal nº 65/2020, que ressalta a necessidade de se manter a prestação dos serviços públicos sem colocar a população taquarense em risco, já que o novo coronavírus (COVID-19) possui taxa de mortalidade que se eleva entre idosos e pessoas com doenças crônicas. Desta forma, a situação demanda o emprego urgente de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública.