Temperatura agora:   13.6 °C   [+]

Sindilojas-VP e Sindicom fecham acordo que permite funcionamento do comércio em feriados

O Sindicato do Comércio Varejista do Vale do Paranhana (Sindilojas-VP) e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Taquara (Sindicom) fecharam, na última sexta-feira (17), um acordo que prevê a possibilidade de funcionamento do comércio em feriados. A medida abrange o município-sede das duas entidades, Taquara, além das extensões territoriais, para Igrejinha e Três Coroas, valendo até 28 de fevereiro de 2021. Pelo acordo, o funcionamento das empresas representadas pelos dois sindicatos está autorizado em todos os feriados, exceto 1º de janeiro, 1º de maio e 25 de dezembro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O Jornal Panorama obteve acesso à íntegra do acordo. O documento prevê que a jornada máxima de trabalho em feriados será de sete horas, permitindo, no máximo, duas horas extras. Os empregados que trabalharem no feriado receberão, junto com a folha de pagamento do mês referente, uma indenização no valor de R$ 80,00, acrescida de uma folga compensatória, que deverá ser gozada no máximo até 30 dias após o ferido trabalho. O valor dessa indenização não integrará o salário para qualquer efeito legal e levará em conta uma jornada diária de sete horas.

As empresas que tiverem interesse em abrir nos feriados autorizados pela convenção coletiva deverão formalizar a opção em documento próprio, com antecedência de cinco dias úteis, com os comprovantes de quitação das constituições assistenciais patronais e dos empregados. O Sindilojas e o Sindicom fornecerão, então, uma certidão conjunta permitindo as atividades das empresas. Para o feriado desta terça-feira, dia 21 de abril, devido à proximidade com que o acordo foi fechado, os dois sindicatos atuaram para atender as empresas encurtando esse prazo, que deverá ser respeitado para as próximas ocasiões.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Outra condição às empresas para o funcionamento é encaminhar a relação de funcionários, com CPF e data de folga, diretamente ao Sindicato dos Comérciários de Taquara, no prazo mínimo de quatro dias úteis que antecedem a data do feriado. As empresas representadas pelo Sindilojas também deverão oferecer o vale transporte aos empregados. O descumprimento de qualquer uma das cláusulas poderá ensejar a aplicação de multa no valor de R$ 500,00 por empregado prejudicado. O valor será pago diretamente ao Sindicato dos Empregados no Comércio de Taquara, que repassará 50% ao empregado prejudicado e reterá 50% para as despesas das entidades com a negociação.