Sirlei Silveira assume a Câmara de Taquara com meta de aproximar Legislativo da comunidade

Geral

Vereadora do PTB foi eleita presidente do Legislativo para 2019.

Sirlei Silveira (PTB), Adalberto Soares (PP) e Daniel Lahm (PTB), presidente, vice-presidente e secretário da mesa diretora em 2019. Divulgação/Neusa Souza

A vereadora Sirlei Silveira (PTB) já definiu a sua principal meta à frente do Legislativo de Taquara a partir de 1º de janeiro de 2019: aproximar a Câmara da comunidade. Segundo ela, a partir do trabalho de uma mesa diretora unida, a ideia é com transparência refletir junto à sociedade o que considera a atuação séria de todos os vereadores. “Acredito que seja possível fazer um trabalho mostrando o que acontece na Câmara, a atuação dos vereadores”, reforçou nesta segunda-feira (17), quando foi realizada a sessão solene de celebração da eleição da nova mesa diretora.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




Junto com Sirlei, assume novas funções no comando da Câmara os vereadores Adalberto Soares (PP), na condição de vice-presidente, e Daniel Laerte Lahm, o Preto (PTB), que será o secretário. A nova presidente reforçou que a atuação será conjunta com eles na condução dos trabalhos legislativos, mas, também, compartilhando com todos os demais colegas as decisões da Câmara.

A nova presidente enfatizou a economia de recursos realizada pela Câmara, em verbas que voltam para a Prefeitura e são destinadas aos serviços. Segundo ela, isso acontece pela responsabilidade dos 15 vereadores. Sirlei disse que pretende enxugar a Câmara, valorizando o trabalho dos servidores concursados e, inclusive, com a meta de realizar novos concursos para o provimento de vagas efetivas, inclusive para assegurar a independência, transferindo a contabilidade, hoje realizada pela Prefeitura, para o próprio Legislativo.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Outra meta lançada por Sirlei é aumentar o número de pessoas que participam das sessões semanais, nas segundas-feiras. Segundo ela, a ideia é tornar a reunião mais célere, otimizada, com a diminuição de ritos. “A ideia é atrair o munícipe, que, se aproximando, poderá opinar e contribuir. Muitas críticas surgem porque se desconhece o trabalho do vereador”, enfatizou.

Na solenidade desta segunda-feira, Sirlei recebeu os cumprimentos dos colegas pela eleição à presidência do Legislativo. Ainda houve a apresentação do estudante Bruno Pedroso, que cantou duas músicas. A vereadora petebista assume efetivamente o comando da Câmara em 1º de janeiro, junto com seus colegas da mesa diretora.

Assista a íntegra da sessão solene de celebração da nova mesa diretora.