Supervisores escolares participaram da primeira reunião de 2019 em Taquara

Encontro reuniu profissionais ligados aos anos iniciais de ensino.

Tendo como foco as questões de reprovação, evasão, multirepetência e distorção idade X ano, a supervisão pedagógica dos anos iniciais da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (SMECE) de Taquara acompanha 24 escolas, criando estratégias para sanar as dificuldades de aprendizagem. A primeira reunião foi promovida na semana passada (3), no Colégio Municipal Theóphilo Sauer. Participaram as supervisoras dos anos iniciais e as diretoras das escolas municipais, juntamente com as supervisoras pedagógicas da SMECE, Luciane de Oliveira e Simone Tomazini da Luz.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Durante o encontro foram abordados assuntos relacionados ao acompanhamento dos alunos repetentes e com dificuldade de aprendizagem, organização do ambiente lúdico de sala de aula, acompanhamento das metodologias e sistema de avaliação, consolidação da alfabetização no primeiro ano do Ensino Fundamental de nove anos, organização das atividades por níveis de alfabetização, acompanhamento da transição das turmas de pré para o primeiro ano e transição do quinto para o sexto ano.

Também ficou acordado que a Prova Brasil (simulado), deverá ser trabalhada com as turmas dos quintos anos (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Sobre os projetos Viagens de Estudos, a proposta pedagógica deverá estar relacionada aos conteúdos que estão sendo desenvolvidos nas turmas. A pauta abordou ainda os encontros dos professores mediadores para estudar a Base Nacional Comum Curricular e o Referencial Curricular Gaúcho e o Programa AABB Comunidade em turno inverso para os alunos do ensino fundamental de nove anos. As reuniões de supervisores / diretores dos anos iniciais ocorrerão bimestralmente.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Supervisores discutiram diversas questões pedagógicas na sede da Secretaria de Educação. Divulgação