Tamanho das vagas de estacionamento em Taquara obedece legislação, diz secretário

Geral

Secretário Lorival da Rosa avaliou como positivos primeiros resultados do estacionamento rotativo.

Tamanho das vagas e obstáculos junto ao passeio público foram motivo de reclamação nos últimos dias em Taquara. Adriana Rosa/Contribuição Leitor Panorama

O secretário municipal de Segurança e Trânsito de Taquara, Lorival da Rosa, fez uma avaliação positiva do funcionamento do estacionamento rotativo no município. Implantado em novembro, o sistema está completando dois meses de funcionamento, por meio de uma nova parceria com o Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública (Consepro) de Taquara. Lorival respondeu, nesta quarta-feira (26), em entrevista ao programa Painel 1490, da Rádio Taquara, a uma das dúvidas relacionadas ao tamanho das vagas desenhadas na área do estacionamento: segundo Lorival, as vagas têm cinco metros, exatamente o que estabelece a legislação de trânsito.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




O secretário enfatizou o fato de que o estacionamento está em vigor por meio de uma parceria comunitária, cujo lucro auferido será revertido a melhorias nas áreas de trânsito e segurança. Destacou que, em uma primeira avaliação, o estacionamento contribuiu para melhorar o trânsito na área central de Taquara. Também teve avaliação positiva outra mudança polêmica feita no Centro, na rua Júlio de Castilhos, com a retirada do estacionamento oblíquo e a mudança para o sistema paralelo. Segundo Lorival, isso gerou mais fluidez ao trânsito e, hoje, é possível trafegar das igrejas até próximo à sede da prefeitura em bem menos tempo do que no sistema anterior.

Sobre o tamanho das vagas, Lorival explicou que foram feitas seguindo a metragem exigida pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB), de cinco metros. Contudo, na prática, foi observado que camionetes, por exemplo, têm tamanho maior do que o desenhado nas vagas. A orientação, segundo Lorival, é de que os motoristas busquem colocar as quatro rodas dentro das vagas, e que eventuais excedentes não serão objeto de verificação por parte dos fiscais. As vagas são todas numeradas para assegurar o controle por parte dos agentes do Consepro.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Lorival ainda explicou sobre a retirada das vagas de farmácia, anteriormente existentes. Segundo ele, com a tolerância de 10 minutos liberada a todas as vagas, não é preciso a delimitação de um espaço específico, pois o motorista pode parar em qualquer vaga com este prazo para o seu estacionamento. E dificilmente, segundo Lorival, há uma vaga longe do estabelecimento pretendido. A fixação das vagas de farmácia, devido ao expressivo número de lojas do gênero na rua Júlio de Castilhos, acarretaria a diminuição das vagas de estacionamento.

Sobre eventuais obstáculos existentes junto às vagas de estacionamento, casos relatados por leitores do Panorama e ouvintes da Rádio Taquara, Lorival disse que deverão ser objeto de verificação da Prefeitura e do Consepro. A ideia é fazer as adequações, seja excluindo aquela vaga e abrindo outra em novo local, ou removendo o obstáculo de acesso ao passeio público. Para janeiro, está prevista a entrada em operação do aplicativo de celular que facilitará as compras de tempo no estacionamento rotativo.

Assista a íntegra da entrevista do secretário Lorival à Rádio Taquara/Jornal Panorama:

AO VIVOEntrevista com o secretário de Segurança e Trânsito de Taquara, Lorival da Rosa.

Publicado por Jornal Panorama em Quarta-feira, 26 de dezembro de 2018