Taquara estuda formas para contribuir com a produção agrícola prejudicada pela estiagem

Geral

Vereador Adalberto Soares pediu uma análise dos danos já causados pela seca, principalmente em Morro Alto.

Tito, Adalberto e Hélio Cardoso: reunião sobre os efeitos da estiagem. Divulgação

Preocupados com a falta de chuvas no Rio Grande do Sul, que está obrigando alguns municípios a decretarem situação de emergência devido a escassez de água, o Executivo e Legislativo de Taquara informaram que estão estudando formas para contribuir com a produção agrícola do município, algumas já demonstrando prejuízos pela estiagem.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Na manhã de terça-feira (10), o vereador Adalberto Soares entregou ao prefeito Tito Livio Jaeger Filho, e ao vice-prefeito Hélio Cardoso Neto, um ofício solicitando que a Secretaria Municial de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Pecuária realize uma análise dos danos já causados pela seca, principalmente na localidade de Morro Alto, distrito de Rio da Ilha.

“Precisamos estudar uma forma, caso seja necessário, de abastecimento de água nas regiões mais atingidas pela seca. Além do prejuízo causado aos produtores rurais do município, essa estiagem poderá também prejudicar a qualidade dos alimentos servidos aos alunos da rede municipal, já que muitos desses produtores fornecem alimentos para a merenda escolar de Taquara”, analisa o vereador Adalberto.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE