Temperatura agora:   14.5 °C   [+]

“Troca-Troca”: amigas, taquarenses, se unem em prol da solidariedade

Amigas copiaram modelo de máscaras da internet e deram início à ação voluntária. Foto: Divulgação.

Amenizar as dificuldades impostas pela pandemia do Covid-19, este foi o objetivo traçado por um grupo de amigas taquarenses, que lançaram, na semana passada, uma ação solidária no município. A iniciativa foi batizada de Troca-Troca, fazendo alusão à proposta lançada por elas de oferecer máscaras reutilizáveis à população, em troca de alimentos e sabonetes, que estão sendo destinados a famílias em vulnerabilidade social no município.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





Segundo Simone Cardoso de Souza, uma das envolvidas na ação, a ideia inicial era apenas confeccionar máscaras reutilizáveis – de algodão – e doar a quem manifestasse necessidade. Ocorre que, como a demanda superou as expectativas, elas decidiram adaptar ao projeto o sistema de trocas por alimentos. “Percebemos que poderíamos alcançar mais pessoas fazendo as trocas, e contribuir com famílias que se encontram em momento de dificuldades financeiras, decorrentes da pandemia e do isolamento social”, explicou Simone.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Simone conta que ela, a irmã Gabrieli Cardoso de Souza, e as amigas Fernanda Rosa, Charlene Mehlecke e Dione Buzetto não são profissionais da costura, mas, em prol da solidariedade, montaram uma equipe de trabalho e deram início à produção. Cada uma delas ficou com uma função e contribuiu com o grupo sem sair de casa – conectadas apenas pela internet e pelas entregas do voluntário Rodrigo Sacol, que, segundo Simone, ficou responsável pelas entregas de materiais para todas.

Guiadas por um modelo, retirado da internet, elas confeccionaram mais dezenas de máscaras e realizaram a primeira troca na última sexta-feira (03). Doaram 150 máscaras e arrecadaram 252 kg de alimentos e 95 sabonetes. Segundo Simone, para as próximas semanas o grupo já está com a capacidade de produção esgotada. “Até o final do mês teremos mais três dias de troca-troca. Mais de 400 máscaras estão reservadas, e pretendemos fechar a ação com 600 máscaras trocadas e muito alimento arrecadado”, destacou Simone.

Numa primeira troca, elas arrecadaram 252 kg. de alimentos e 95 sabonetes. Foto: Divulgação.

Multiplicadores de boas ações

De acordo com Simone, além das doações arrecadadas, ela e as amigas receberam também tecidos, elástico, linha, e valores em dinheiro. Muita gente comprou a ideia. E o próximo passo será organizar cestas básicas e entregar às famílias que – segundo a taquarense – foram indicadas por pessoas conhecidas que moram, ou trabalham nos bairros Empresa e Santa Maria, e descreveram situações de necessidade nesses locais do município.

Simone explicou que, a princípio, o grupo já está trabalhando apenas para atender às reservas já coletadas. Mas elas estão informando sobre as trocas pelos próprios sites de redes sociais, para o caso de conseguirem produzir além da meta pré-estabelecida.