Temperatura agora:   14.2 °C   [+]

Vale do Paranhana tem média de um assalto por dia em 2020

O Vale do Paranhana teve média de um assalto a cada 24 horas nos três primeiros meses de 2020, segundo os dados da Secretaria Estadual de Segurança Pública. Foram 93 roubos na região neste período, sendo 28 em que os bandidos tiveram como produto roubado o veículo das vítimas e 65 em que outros objetos foram levados nos assaltos. O município com o maior número de ocorrências é Taquara, em especial de roubos de veículos.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE





CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ao todo, a região também concentra 298 furtos no primeiro trimestre de 2020. Foram outros 25 casos de furtos de veículos. Os casos de abigeato, que são furto de animais, principalmente no interior dos municípios, somam nove ocorrências, a maior parte delas em Taquara. Os estelionatos somaram 76 ocorrências na região, com predominância em Taquara, Igrejinha e Parobé.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Com relação aos crimes de homicídio, foram nove ocorrências, com 10 vítimas. O maior número, novamente, foi em Taquara, com metade dos casos. Já Parobé registrou um latrocínio, roubo seguido de morte, com uma vítima. Os delitos relacionados a armas e munições somaram 26 registros pelas polícias, enquanto as corporações policiais flagraram 48 ocorrências de posse de drogas. Foram 15 registros flagrados de tráfico de entorpecentes.

Confira as estatísticas completas:

Municípios Homicídio  DolosoTotal de vítimas de Homicidio Doloso Latrocínio FurtosAbigeatoFurto de Veículo  Roubos Roubo de Veículo Estelionato Delitos Relacionados à Armas e Munições Entorpecentes – Posse Entorpecentes – TráficoVítimas de LatrocínioVítimas de Lesão Corp. Seg. Morte
IGREJINHA000611410321616300
PAROBE3417411029920710510
RIOZINHO00060000121000
ROLANTE110232110369000
TAQUARA550854924162838700
TRES COROAS000491110324000
Total RS910129892565287626481510
Fonte: Secretaria de Segurança Pública