POLÍTICA

Vereador de Igrejinha sugere proibir fogos de artifício em campanhas políticas

Giácomo Velasques (MDB) está exercendo a função como suplente de Guto Scherer.

Exercendo o cargo de titular em substituição a Guto Scherer (MDB), o vereador Giacomo Velasques (MDB, foto) protocolou projeto de lei que deverá gerar debate no Legislativo de Igrejinha. Trata-se da sugestão para proibir o uso ou a queima de fogos de artifício em concentrações de caráter político ou eleitoral no município. O projeto também prevê uma legislação mais rígida com relação a essas práticas, em qualquer época do ano, nas proximidades de hospitais e escolas.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE




“Apresentei esse projeto não apenas para preservar o sossego de pessoas e de animais, mas também para incentivar uma nova forma de fazer política, mais moderna, na qual sejam valorizadas ações de diálogo. Por isso, peço aos colegas que apreciem a matéria favoravelmente”, destacou Velasques.

O projeto será analisado pelas Comissões da Câmara de Vereadores, devendo ser votado em plenário dentro de algumas semanas.


A coluna Página Dois tem o objetivo de apresentar bastidores da região e informações remetidas pelos leitores.