Coluna da Comunidade Evangélica de Taquara

“Ora, Deus não é Deus de mortos e sim de vivos; porque para ele todos vivem” (Lucas 20.38).

Amigos do Panorama! No texto de Lucas 20. 27-38 Jesus é questionado sobre um assunto sempre em destaque: existe ressurreição? Como ela acontece? Não sabemos! Quem responder esta pergunta estará apenas especulando. Cremos sim que ela é plena. É o ressurgir do corpo, da alma, do espírito. Assim também morremos pleno, isto é, de corpo e alma. Por isso, confessamos no Credo Apostólico que cremos na ressurreição do corpo.

Jesus foi questionado de como seria a ressurreição. No texto de Lucas 20, os saduceus, um grupo que dizia não crer na ressurreição, pergunta a Jesus: se uma mulher ficar viúva 7 vezes, na eternidade, quem será o legítimo esposo da mulher? Jesus responde: na eternidade não haverá casamento, nem estruturas familiares.  Diz sim: todos seremos como anjos! E que cremos num Deus dos vivos e não dos mortos.

Nós sempre lembramos dos nossos entes queridos. Lembramos o seu legado. E, de forma simbólica, cuidamos deles. Lavamos os túmulos e cuidamos deles , levamos flores e visitamos os túmulos. Que bom que há pessoas que fazem isto. E, deveríamos ensinar aos nossos filhos paras terem cuidado com nossos túmulos no futuro.

Cemitério também é um lugar que fala muito de nossa história.  Quanto mais cuidado tivermos, mais dignidade damos ao lugar em que deixamos nossas pessoas falecidas. Mais respeito demonstramos pela nossa própria história, nossa herança de vida, nossas raízes.

Quanto mais fizermos isso, mais valorizamos e publicamente proclamamos que cremos no ressuscitado e na ressurreição. Cuidar dos cemitérios mostra a reciprocidade do amor e a fé na ressurreição. Cada um de nós é único perante Deus. Por isso, mesmo “dormindo”, para  Deus  nós vivemos. Mais importante do que as pessoas falecidas estarem em nossa memória, é saber que elas “dormem” e estão vivas  na memória  de Deus, pois para ele todos vivem (Lc 20,38). Por isso: o próprio (centro) da fé cristã é a ressurreição. Amém.

Pastor Valmor Haag

PROGRAMAÇÕES:

Sábado, 16: Culto no Lar OASE às 15h e Encontro de Jovens da JET às 19h30;

Domingo, 17: Culto na Igreja da  Paz (centro) às 9h;

Sábado, 23: 11º. Baile de Casais no Dorothea;

Quinta, 28: Culto Ecumênico de Ação de Graças às 20h na Igreja Católica.

%d blogueiros gostam disto: