eSports durante a Pandemia, por Guilherme Schirmer da Costa

Não é difícil imaginar que os eventos envolvendo jogos digitais seriam cancelados, eventos como E3 e Gamescom, maiores eventos dos EUA e Europa respectivamente foram cancelados a meses de sua abertura. Apenas o Tokyo Game Show ainda discute a possibilidade de ocorrer em Novembro, mas ainda é cedo para especular. Apenas um tipo de evento envolvendo jogos digitais parece se manter ativo: eSports.

Embora tenham sido atingidos pela surpresa desagradável da pandemia, diversos eventos importantes de eSports seguem ocorrendo porém, não mais ocupando estádios lotados e sim online. A ESL, organizadora de competições profissionais de CS: Go, Rainbon Six, Starcraft 2 entre outros, alterou seu calendário para preparar os eventos em modalidade online. Outros eventos como as ligas de League of Legends e de DOTA2 foram adiadas para voltarem com calendários de jogos online durante o mês de Abril. No Brasil não tem sido diferente, o CBLOL, Campeonato Brasileiro de League of Legeds retornou em Abril após sua paralisação em Março. Já eventos mais específicos foram preparados de antemão para ocorrerem de forma 100% online, caso do Wololo, evento de Age of Empires 2 Definitive Edition, que ocorre entre os meses de Abril e Maio. Eventos mais abertos quanto aos jogos, como o EVO, focado em jogos de luta ainda não desmarcou sua edição de 2020, que foi marcada para ocorrer em Las Vegas em Agosto. Lembrando que o EVO mantém um evento anual início do ano no Japão, que esse ano ocorreu sem nenhuma alteração.

Talvez a grande novidade no mundo dos eSports esse tenha sido a virtualização de eventos esportivos, como a Fórmula 1, Moto GP e mais recentemente a liga ATP de Tênis. Enquanto no automobilismo não seja novidade, já que vários pilotos profissionais são convidados para participar de eventos, esse ano a FIA, organizadora dos eventos de Formula 1 criou uma categoria digital, onde os pilotos das pistas físicas podem disputar corridas com seus alter egos digitais. A Moto GP, principal liga de motociclismo no mundo também tem mantido um evento de eSports com seus atletas, embora tenha menos visibilidade que a F1, foi o suficiente para alavancar as vendas do jogo Moto GP 2020.  O caso mais curioso talvez seja da Volta a Flandres na Bélgica, evento tradicional do circuito mundial de ciclismo de rua. O evento foi adiado, sem previsão de ocorrer nesse ano, já que o calendário do ciclismo internacional tem sido revisado constantemente devido a pandemia. No entanto, a prova que iniciaria no dia 5 de Abril ocorreu em formato digital, com alguns competidores participando de suas casas utilizando suas bicicletas de treino e o simulador / jogo utilizado nos treinos de inverno. Obviamente o evento não conta pontos para o campeonato porém, o evento foi levado a televisão belga e também para a internet ao vivo.

Embora esses eventos virtuais sejam divertidos de assistir, esperamos que o momento atual passe logo e os atletas voltem a suas respectivas categorias.

%d blogueiros gostam disto: