Região do Paranhana segue na bandeira vermelha no mapa preliminar do distanciamento controlado

O governo do Estado informou, nesta sexta-feira (31), que o Vale do Paranhana continua na bandeira vermelha do mapa preliminar do distanciamento controlado. A classificação foi divulgada com atraso pelo governo nesta semana. Os prefeitos têm até o domingo (2) para entrar com recursos para tentar abrandar a classificação e o mapa definitivo será divulgado na segunda-feira (3), válido de 4 até 10 de agosto. Na semana passada, a região do Paranhana não ingressou com recurso.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



Em nota técnica divulgada para justificar a classificação, o governo voltou a afirmar que a situação da região do Paranhana é pressionada pela macrorregião metropolitana. Dos quatro indicadores da região, de hospitalizações registradas, razão de ativos sobre os recuperados, hospitalizações a cada 100 mil habitantes e de projeção de óbitos, três obtiveram situação de bandeira preta e um de vermelha, sinalizando a situação crítica.

De acordo com o governo, o número de novas hospitalizações registradas confirmadas para Covid-19 nos últimos sete dias cresceu 32%, passando de 19 para 25 entre as duas semanas. No caso do número de internados em UTI por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), a quantidade de pacientes aumentou de nove para 10. No número de internados em UTI confirmados para Covid-19, a região aumentou em três pacientes, passando de sete para 10. Para internados em leitos clínicos confirmados para Covid-19, o quantitativo reduziu em três pacientes, passando de 19 internados para 16.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Por fim, os indicadores de estágio da evolução na região e de incidência de novos casos, segundo o governo, mantiveram situação de risco elevado. “Porém, observando o indicador da razão entre casos ativos na última semana e recuperados no início da semana, verifica-se a mudança da bandeira de preta para vermelha”, diz o governo, em relação a este indicador.

Regra 0-0

Da região de Taquara no distanciamento controlado, apenas dois municípios estarão enquadrados na regra 0-0 nesta semana, segundo o governo: Riozinho e Cambará do Sul. Essa regra permite que estes municípios utilizem os protocolos de bandeira laranja, mesmo com a região na vermelha, pois não registram hospitalizações e óbitos por Covid-19 nos últimos 14 dias. Até esta semana, Rolante vinha podendo utilizar esta regra para manter a bandeira laranja, mas como teve um óbito nesta semana, perdeu o direito a este benefício.

%d blogueiros gostam disto: