Sindicato dos Sapateiros estima redução de até mil vagas em Parobé

Pires: entidade busca alternativas para amparar toda a categoria neste momento preocupante. Foto: Divulgação

O Sindicato dos Sapateiros de Parobé informou, nesta sexta-feira (17), que, a cada semana, os empresários do setor calçadista estão anunciando um número significativo de demissões, desde o início da crise do novo coronavírus. Antes da pandemia, o município contava com mais de oito mil trabalhadores na indústria do calçado. Com os anúncios de demissões, a entidade prevê uma redução para menos de sete mil. “Trata-se de uma medida sem precedentes, então, buscamos entendimento jurídico sobre a legislação para conseguir dar uma resposta à categoria. Somos sempre otimistas, mas no momento a situação se agrava negativamente”, explica o presidente do Sindicato, João Pires.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE



De acordo com o presidente, a grande preocupação é em relação às empresas terceirizadas. Nas últimas semanas, o sindicato já acompanhou o fechamento de algumas empresas e orientou juridicamente os funcionários desligados. “Aqui em Parobé grandes empresas de fora terceirizam aqui em grande quantidade. As diminuições das vendas destas empresas causam por consequência a diminuição da produção. Este prejuízo acaba sobrando para os terceirizados”, comenta.

Segundo o presidente, logo na primeira semana em que o governo federal anunciou medidas de auxílio, a entidade passou a responder quase que 24 horas por dia todas as dúvidas de quem atua no setor coureiro calçadista. “Nós nos organizamos de forma que o Sindicato estivesse presente todo o dia e toda a hora para responder as dúvidas e amparar a categoria”, comenta Pires.


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O Sindicato dos Sapateiros retomou os trabalhos presenciais na sede administrativa, mas com pequena redução no horário de atendimento e não permitindo aglomerações. Os processos de higienização também foram intensificados. Todos os trabalhadores que precisam de auxílio ou orientação jurídica, podem entrar em contato com o Sindicato dos Sapateiros pelos telefones (51) 99608-6030, (51) 99994-4014 ou (51) 3543-1211. Na página da entidade no facebook, também é possível enviar suas dúvidas. Para os atendimentos médicos é necessária a confirmação pelo WhatsApp ou telefone.

%d blogueiros gostam disto: